Há cerca de dez dias, em reunião com portas fechadas, a Liga Nacional de Basquete virou a mesa do basquete brasileiro mas confirmou o Corinthians como um dos participantes da Liga Sul-Americana – junto de Botafogo (RJ) e Pinheiros (SP). Entenda o que aconteceu:

Inchaço no Novo Basquete Brasil de 2019/20

O Campeonato Brasileiro Adulto Masculino de Basquetebol, denominado Novo Basquete Brasil, será ampliado de 14 para 16 clubes.

Teoricamente, a única mudança entre os participantes deveria ter sido a saída do Joinville (SC), rebaixado, e a entrada da UNIFACISA (PB), campeã da segunda divisão – a Liga Ouro.

Basquete Cearense (CE), Bauru (SP), Botafogo, Corinthians, Flamengo (RJ), Franca (SP), Minas Tênis Clube (MG), Mogi das Cruzes (SP), Paulistano (SP), Pinheiros, São José (SP), Brasília (DF) e Vasco da Gama (RJ) deveriam ser os demais concorrentes.

Pegue agora seu bônus de R$ 777 no Rivalo
Aposte no Corinthians
Apostar

Saída do Vasco

O Vasco da Gama anunciou sua saída do Novo Basquete Brasil alegando não ter dinheiro para manter o plantel. A bagunça no basquete brasileiro impede a continuidade de muitas equipes.

O Gigante da Colina repete os passos atrás já dados por Palmeiras (SP), Vitória (BA), Fluminense (RJ), Praia Clube de Uberlândia (MG), CEFAT (ES), Macaé (RJ), Caxias (RS), Campo Mourão (PR), Vila Velha (ES), Tijuca (RJ), Goiás (GO), etc.

Compra e venda de vagas

Independentemente da saída do alvinegro carioca, a entrada no NBB virou um comércio. O São Paulo FC (SP) pagou para entrar no lugar do Joinville. Ora, o Joinville não havia sido rebaixado?

Sim, mas teoricamente a Liga Nacional de Basquete aprovou a promoção da UNIFACISA no lugar de nenhum clube.

Outro que comprou sua entrada foi o Rio Claro (SP). Desta vez, o vendedor foi o Macaé. É realmente muito estranho, pois a equipe fluminense já não participa do NBB há dois anos. Como assim, o Macaé ainda tinha uma vaga na primeira divisão?

A entrada do Pato Basquete (PR) também foi bizarra! Os paranaenses fecharam negócio diretamente com os executivos da LNB.

CBB vem forte

A Confederação Brasileira de Basquete espera em breve retomar as rédeas do Campeonato Brasileiro. Ela já organizou sua liga este ano, que foi uma espécie de 3a divisão nacional.

Em 2020, ela será responsável pela divisão de acesso ao NBB, pois a Liga Ouro acabou.

Que em breve ela assuma a primeira divisão para que não tenhamos mais viradas de mesa.