Tricampeão do Paulista, o Corinthians foi reconhecido na festa de encerramento da competição, promovida pela Federação Paulista de Futebol (FPF), nesta segunda (22), na Zona Sul de São Paulo. Quatro representantes do Timão foram escalados na seleção do torneio, mesmo número do Santos. Cássio, Danilo Avelar, Júnior Urso e Gustavo foram os premiados.

A SELEÇÃO

Além dos corintianos e santistas, São Paulo, Palmeias e Ituano também foram representados, cada equipe com um jogador. Definidos por meio dos votos dos capitães e dos técnicos dos 16 times do estadual, essa foi a escalação dos melhores do Paulistão: Cássio; Victor Ferraz, Bruno Alves, Gustavo Henrique e Danilo Avelar; Diego Pituca, Júnior Urso e Jean Mota; Martinelli, Dudu e Gustagol.

Apenas Dudu (Palmeiras) e Martinelli (Ituano) não compareceram à cerimônia (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

PREMIAÇÕES INDIVIDUAIS

Além de estar presente entre os 11 melhores, o goleiro Cássio recebeu 67% dos votos dos internautas e terminou como “Craque da Galera”. Jean Mota, meia do Santos, levou o prêmio de melhor jogador. Além das atuações, ele se destacou pelos sete gols marcados no Paulistão, terminando como um dos artilheiros ao lado de Ytalo (Red Bull), Diego Cardoso (Guarani) e Rafael Costa (Botafogo-SP).

Fora das quatro linhas, Antônio Carlos Zago, do Red Bull Brasil, foi o melhor técnico da competição. Ele comandou o time que terminou a primeira fase com a melhor campanha (27 pontos, liderando o grupo A) e conquistou o Troféu do Interior.  Na arbitragem, o trio composto por Raphael Claus, Marcelo Carvalho van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis, o mesmo da partida de volta da final, foram eleitos os melhores.