O Corinthians informou nesta quinta, via ofício, que não jogará a primeira partida da final do Paulistão se torcedores do São Paulo atacarem o ônibus da delegação do alvinegro. O documento foi enviado pelo departamento jurídico corintiano ao promotor Paulo de Castilho, à Federação Paulista de Futebol, à Polícia Militar e ao adversário da decisão. O duelo será neste domingo, às 16h, no Morumbi. A informação é do site “Meu Timão”.

Estrago do veículo do Corinthians após ataque em 2018 (Imagem: Bruno Grossi/UOL)

HISTÓRICO DE PROBLEMAS

Em 2018, o veículo do Corinthians sofreu com atos de vandalismo ao entrar no portão 1 do mesmo Morumbi, local onde tradicionalmente há grande concentração de são-paulinos. Apesar de um vidro do ônibus ter sido quebrado, ninguém foi ferido. Casos semelhantes se repetiram em 2017 e 2013.

CASO DO PALMEIRAS

O veículo que levava a delegação do time palestrino ao Allianz Parque nesta quarta para o duelo contra o Junior Barranquilla, pela Libertadores, foi atacado quando já se aproximava da arena. Pedras e garrafas foram utilizadas pelo grupo de criminosos, deixando marcas no ônibus e nos atletas. Segundo a reportagem de Felipe Zito, do Globoesporte.com, os jogadores ficaram abalados e alguns até choraram no vestiário. Veja abaixo imagens do ônibus após o ataque:

Foto: Marcos Ribolli
Foto: Marcos Ribolli