O Corinthians abriu boa vantagem na Copa Sul-Americana! Jogando na Arena, em Itaquera, o Timão venceu o Montevideo Wanderers por 2 a 0 na noite desta quinta (25), pela ida das oitavas de final da competição. Os gols de Clayson e Pedrinho, um em cada tempo, colocaram os paulistas em vantagem para conquistar a vaga na próxima fase.

As equipes voltam a jogar na próxima quinta-feira, às 21h30, no Uruguai. Vale lembrar que marcar fora de casa serve como critério de desempate e que o Coringão se classifica mesmo se perder por um tento de diferença.

Foto: Marcos Ribolli

Apostas

Indicado pela Rivalo como amplo favorito no confronto, o Corinthians seguiu as expectativas e garantiu a vitória. Além de ficar mais perto da classificação para as quartas de final, o resultado colocou dinheiro no bolso de quem apostou. O triunfo estava avaliado em R$ 1,28 para casa real investido, ou seja, uma aposta simples de R$ 150,00 teve retorno de R$ 192,00!

O jogo

Primeiro tempo

O Timão começou com tudo, pressionando a saída de bola uruguaia, e logo aos três minutos Vagner Love teve grande chance. O atacante recebeu ótimo passe e invadiu a área, porém mandou para fora, pelo lado direito do gol. Tomando conta da posse de bola e das ações da partida, o Corinthians voltou a ameaçar com o camisa 9, infiltrando na área e finalizando por cima.

Pouco depois, com 20 minutos jogados, o Corinthians conseguiu abrir o placar em bela jogada trabalhada. Pedrinho achou o mesmo Vagner Love, que passou para o ponta Clayson, vindo de trás e sem marcação, chutar no canto do arqueiro Arruabarrena. Em vantagem, a equipe não recuou, mantendo a pressão no campo de ataque, porém desperdiçou boas oportunidades (algumas delas com Gil e Júnior Urso, por exemplo) e não marcou o segundo.

Segundo tempo

O Timão voltou do intervalo com a mesma postura e por pouco não ampliou a vantagem com o “Artilheiro do Amor” no começo da segunda etapa. Ele recebeu de Clayson, saiu do marcador e chutou próximo do travessão. Dominando o duelo e jogando com a bola no pé, o técnico Fábio Carille fez a primeira substituição (Jadson na vaga de Gabriel), deixando apenas Júnior Urso como volante.

O treinador colocou mais sangue novo em campo, sacando Sornoza e botando o jovem Mateus Vital. O comportamento foi o mesmo, porém, em um lance isolado, o Wanderers por pouco não igualou o placar. Com 35 minutos, Bravo recebeu entrada da área e chutou forte. Cássio estava ligado e fez sua primeira defesa (e que defesa!), espalmando para fora. Na sequência, foi a ver de Boselli entrar no lugar de Clayson.

Com todas as mudanças feitas, o Corinthians chegou ao seu segundo gol na reta final, aos 40′. Pedrinho, que fez excelente partida, foi premiado com um belo chute de fora, acertando o canto esquerdo da meta uruguaia. A vantagem poderia ser maior, mas Vagner Love foi fominha e perdeu ótima oportunidade no minuto final do confronto.

Calendário

A equipe comandada por Fábio Carille volta a campo na noite do domingo (28). Válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe encara o Fortaleza fora de casa, no Castelão, às 19h. 

Ficha técnica

LOCAL: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
DATA/HORÁRIO: 25/07/2019 – 21h30
PÚBLICO/RENDA: 32.955 pagantes/ 33.204 presentes/ R$ 1.324.119,88
ÁRBITRO: José Argote (VEN)
ASSISTENTES: Carlos Lopeze (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)
VAR: Facundo Tello (ARG)
CARTÕES AMARELOS: Fagner, Pedrinho (Corinthians); Ignacio González, Jonathan Barboza, Bueno (Wanderers);
CARTÃO VERMELHO:
GOLS: Clayson, aos 20’/1ºT (1-0); Pedrinho, aos 40’/2ºT (2-0);

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Gil, Manoel e Danilo Avelar; Gabriel (Jadson), Júnior Urso e Sornoza (Mateus Vital); Clayson (Boselli), Pedrinho e Vagner Love;
Técnico: Fábio Carille

WANDERERS: Arruabarrena, Barrandeguy, Bueno, Macaluso (Andueza) e Morales; Jonathan Barboza, Veglio, Albarracín (Lucas López), Ignacio González e Bravo; Barreto (Coitiño);
Técnico: Román Cuello